terça-feira, 26 de maio de 2009

ROSA

Rosa de doce perfume que se evola,
Que das tuas pétalas aveludadas se exala...
Ante a tua beleza a minha alma se cala
E todo o meu ser embevecido chora.
Rosa... sublime dádiva do Criador
Que torna as alamedas maravilhosas.
Rosa da paz nas reconciliações amorosas,
Rubra rosa silenciosa falando de amor...
Rosa da esperança selando os esponsais...
Rosa da saudade nos túmulos e mausoléus...
Rosa da fé nas missas que sobem aos céus...
Rosa triste dos adeuses nos tristes funerais...
Rosa na alegria casta, na pungente dor,
Flor que embeleza a vida em todas as cores.
Se és soberana rainha entre as flores,
És entre os homens o símbolo do amor.

Agenor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO