segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Zantedeschia - COPO DE LEITE


A Zantedeschia (Copo de Leite) é uma flor da família Araceae e é originária da região sudoeste da África. Pode medir até um metro e meio de altura e suas partes são tóxicas. Possue uma belíssima folhagem e associa-se ao sagrado, simbolizando paz, inocência e pureza. O cultivo do copo de leite se dá em solo rico adubado e úmido, com boa luminosidade. Origem: África Porte: até 1,5m Flores: inflorescências amarelas isoladas formadas no verão

domingo, 29 de agosto de 2010

Canção de Outono (Flor de Bem-me-quer, Mal-me-quer) De Marcelino Ferrer (2006)


Nossos pais nos contaram que a terra
É uma flor no espaço a girar
É uma flor, forma e cor pra se ver
É uma flor, vida pra se cuidar

Porque vivenciaram guerra e paz
Nossos pais tem o dom de ensinar
Que a vida é aquilo que se faz
Do caminho que se caminhar

O dia recomeça a cada vez que o sol renasce
Como a vida se renova
Na semente que se parte há vida

O novo sol, luz viva de cada manhã é o novo sol
Tem tanto pra contar
Do alto do seu tempo viu viver e morrer na terra

Veja a flor, luz plantada na terra
Veja a flor arrancada do chão
Veja o rio que desce da serra
Veja um rio de poluição

Veja o mar que encanta os olhos
E as florestas das quatro estações
Veja o mar inundado de óleo
E as florestas que imitam os sertões

Nossos pais nos contaram que a terra
É uma flor como a flor que não há
É uma flor bem-me-quer, mal-me-quer
É uma flor a se despetalar
Nossos pais nos contaram que já é tempo
De aprender e ensinar a amar

CALIANDRA




Nome científico: Calliandra tweedii.
Família: Mimosoideae.
Nomes populares: esponjinha-vermelha, mandararé, caliandra, esponjinha-sangue, esponjinha.
Etimologia: Calliandra vem do grego Kallio santirocco – belo e másculo, referindo-se aos belos estames coloridos.
Origem: Brasil.
Características gerais: é um arbusto lenhoso, ramificado, ereto e bastante florífero, com porte de 2 a 4 m de altura. As folhas são permanentes e bipinadas. As flores ocorrem em capítulos densos, com estames longos e de coloração vermelha, formados principalmente na primavera-verão.
Condições de cultivo: a caliandra é bastante rústica e deve ser cultivada a pleno sol, em solos ligeiramente férteis.
Propagação: multiplica-se por sementes e estacas.
Usos: utilizada em plantio isolado nos jardins ou na formação de cercas vivas e renques.
Curiosidades: as caliandras despertam bastante interesse não somente pelo seu potencial paisagístico, proporcionado pelo aspecto exótico das suas inflorescências, mas também pela sua elevada rusticidade, adaptando-se à diferentes paisagens.